segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

A Igualdade





   Além de ser uma das virtudes cardinais é uma prerrogativa para a mediação do diálogo entre os indivíduos. A questão da escravidão tem muito a ver com este arcano e não tanto com o arcano da Liberdade, exposto no meu post anterior. A ontologia escravocrata pode ser de vários  tipos e graus; porém a ausência de um Salário ou Remuneração pelo trabalho e a privação dos Indivíduos sao às variáveis  que se evidência  em um debate sobre a questão; logo é uma  questão ligada à Sitemas Econômicos como o Feudalismo,  Mercantilismo e o atual Capitalismo.
No Mercantilismo, fase que coincide aproximadamente a descoberta das americas, o escravo é visto como um Bem Móvel e constava em um balanço patrimonial e era totalmente legal e aceita pelos governos e sociedades. Já no atual Capitalismo o escravocrata nem pensa em ter um registro deste tipo em sua declaração de I.R. pois é ilegal e passível de pena, então porque esta atividade abominável ainda é praticada?
   A resposta esta na falta da  Igualdade que o Sistema Econômico Capitalista promove onde o que importa é a maximização do lucro através da redução dos custos na produção e tanto faz se é  feito por chineses famintos ou moribundos indianos ou brasileiros sem registro em carteira e sem perspectiva de aposentadoria; o Homem é  para o sistema apenas um números e nada mais que isso. Ao lermos a Bíblia constatamos que em nenhuma passagem os Profetas, Santos e até o próprio Messias nos diz que escravizar é errado e deve ser condenado, nos dez mandamentos editado por Moisés  não esta escrito:: - Não  Escravizaras o Homem e o filho do Homem nenhum. Caro leitor vos convido a procurar inclusive no novo testamento ou em qualquer outra escritura sagrada de qualquer religião do planeta. Encontraremos contos da época relatando a escravidão mas não a sua proibição ou condenação.

A Liberdade

'A  chave  para  a  autonomia  dos Indivíduos'

   Liberdade  é  uma  'Propriedade  da Vontade  de  todos  os  Seres  Racionais'  e esta  intimamente  ligada  as  'Ações'  e  é limitada  pelas  'Leis',  logo  o  que  existe  é uma  'Idéia  de  Liberdade'.  Ao realizarmos  nossas  vontades,  através  das ações, estamos condicionados ou atrelados  aos  principio  éticos  e  morais (aquilo  que  é  certo  e/ou  é  errado) daquela tribo, comunidade,  grupo, sociedade  ou nação.   Então podemos  afirmar  que  se deixarmos  de  pagar  um  imposto,  mesmo agindo  de  acordo  com  a  'Vontade',  que  é um  direito  de  todos  os  seres  racionais, estaríamos  agindo  corretamente?  Todos nós  sabemos  as  conseqüências  desta 'ação'(  multas, apreensão,  despejo, etc.).   Fica  claro  que  a Liberdade esta condicionada ao que é apolineo e ao político, onde aqueles que detêm maior renda e poder podem ter maior autonomia.  Portanto em base:  -  Para  podermos  exercer nossas  Liberdades temos  de  cumprir  com as  Obrigações  ou  Deveres,  e  isto  é insano  e  incoerente  pois  estamos afirmando  que  :  -  Não  existem  Homens livres,  apenas  Homens  que  sonham  em ser livres e que para termos nossa autonomia devemos consumir caso contrário você é  apenas um número. 
   Desta forma só poderemos  exercer  nossa vontade  através  das  Ações  Coletivas (greve,  passeatas,  revoluções,  guerras etc.)  que  alterem  as  Leis ou o sistema que  mantem nossa  Liberdade  'cativa',  e  revele  a  chave  para  aquilo  que  nos  difere de  todas  das  outras  criaturas pois: 
 - Quando nossa  Autonomia  é  sequestrada  o  Ser possui  a  'Capacidade  de  Reação'  para resgata-la.   Então Reaja!

Obs.:  Se  você,  para  garantir  sua autonomia,  sequestra  a  do  outro;  então você  não  entendeu  absolutamente  nada o  que  foi  escrito  aqui.  É  importante  que os valores  éticos  e  morais  sejam mantidos  pois  afinal:  -  Todos  os indivíduos tem  direito a  Liberdade.   O  Ostracismo  foi  a  forma  pela  qual  o 'Coletivo' conseguiu destituir a Liberdade  de  outro Indivíduo através da 'Calunia' ou  'Injuria', que  é considerada  um  crime  Torpe  (um  crime contra a  'Alma'). Portanto:  -  Cuidado! 

domingo, 14 de janeiro de 2018

sábado, 15 de junho de 2013

domingo, 19 de outubro de 2008